Samba um dia, samba sempre

Samba um dia, samba sempre

São Paulo Exposamba

14/12/2011 20h47 - Atualizado em 15/12/2011 16h03

São Paulo Exposamba será maior mostra desse estilo musical no país

 

Inscrições para concurso começam nesta quinta-feira (15).
Prêmios para os primeiros colocados serão de R$ 35 mil.

  

http://g1.globo.com/mostra-sao-paulo-exposamba/

 

 

A cidade de São Paulo se transformará na capital do samba a partir desta quinta-feira (15). Serão seis meses de apresentações de samba, dança e música instrumental, além da escolha da melhor nova composição de todo o Brasil. A São Paulo Exposamba, maior mostra deste estilo musical já realizada no país, terá três vertentes culturais: Mostra de Sambas Inéditos, Só Danço Samba e Raízes de Nosso Som, totalizando 141 eventos em 96 locais.

 

A primeira edição da São Paulo Exposamba receberá, de 15 a 29 de dezembro, as inscrições de mil sambas inéditos dos mais diferentes estilos, como samba-enredo, samba-canção, pagode, partido alto, gafieira, samba de terreiro etc. Os sambistas interessados em participar poderão se inscrever gratuitamente até o próximo dia 29 por meio do cadastro. Conheça o regulamento.

 

Em janeiro do ano que vem, acontecerão 50 eliminatórias de samba, cada uma com 20 composições, em 40 Centros Educacionais Unificados (CEUS) da Prefeitura e em casas de show espalhadas pela cidade. Em cada uma destas eliminatórias, um júri escolherá apenas dois sambas, de estilos diferentes, que posteriormente participarão de um concurso musical, em uma segunda fase. Ao término do concurso, os prêmios para as duas composições vencedoras (na escolha do júri e na votação popular) serão de R$ 35 mil.

 

Farão parte do júri em cada uma destas 50 eliminatórias um professor e um aluno do respectivo CEU, alguém ligado à música de cada região e um representante da terceira idade. Artistas convidados integrarão o júri nas outras fases da competição.

 

“Isso deverá garantir que a seleção dos sambas seja um extrato da opinião popular. O mais importante é que terão de ser escolhidos dois sambas de estilos diferentes, para garantir a diversidade de estilos na segunda fase da mostra”, diz José Maria Monteiro, organizador da São Paulo Exposamba. Participarão da mostra os primeiros mil sambas inscritos, segundo Monteiro. Saiba mais sobre a Mostra de Sambas Inéditos.

 

Calendário cultural


Ao todo, as três vertentes do evento devem mobilizar 800 pessoas em sua organização e durar cerca de seis meses. “O objetivo é fazer com que São Paulo retome o papel que exerceu de 1960 a 1970, de ser a caixa de ressonância da música brasileira, principalmente do samba. É uma mostra inédita e que deve ser incorporada ao calendário cultural da cidade”, afirma Monteiro.

 

A mostra prevê ainda a realização de shows de música instrumental, dando ênfase nas raízes do samba, eventos chamados de Raízes do Nosso Som. Os eventos deverão unir instrumentistas brasileiros com artistas internacionais, em jam sessions que terão por base as improvisações do samba. Além disso, haverá um projeto de divulgação da mais brasileira das danças, o samba, nas suas diferentes versões, o Só Danço Samba.

 

A São Paulo Exposamba é coordenada pela Fábrica do Samba, com apoio do governo do Estado de São Paulo, da Prefeitura de São Paulo e incentivo cultural do Ministério da Cultura.



16/12/2011
1 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 42 autres membres