Samba um dia, samba sempre

Samba um dia, samba sempre

Daniela Mercury vai desfilar na Portela - Carnaval RJ 2012

Daniela Mercury vai desfilar

na Portela

A cantora ainda irá trazer integrantes da escola de samba carioca para seu trio

 

 
 

Daniela Mercury decidiu aceitar o convite da Portela para participar do desfile da escola de samba carioca em homenagem à Bahia. Tem mais: a Rainha vai trazer integrantes da escola para desfilar em cima de um trio, na terça-feira de Carnaval. Quando ouviu o refrão do samba-enredo, num ensaio no bairro de Madureira, berço da agremiação, a baiana ficou encantada.

“Madureira sobe o Pelô/Tem capoeira na batida do tambor/Samba ioiô/Rola o toque de Olodum lá na Ribeira/A Bahia me chamou”. O desejo de aceitar o convite para desfilar com a Portela ficou ainda mais forte quando soube que haverá um carro alegórico em sua homenagem. “Não tinha jeito, eu precisava estar lá”, conta.

O problema é que o desfile era no mesmo dia e praticamente no mesmo horário da estreia do Crocodilo no circuito Barra-Ondina. “Eu não poderia prejudicar o bloco, é a minha comunidade”, diz. O impasse foi resolvido quando a cantora descobriu a possibilidade de transferir o desfile do trio para sábado. Lançando seu sexto DVD, Canibália - Ritmos do Brasil, Daniela já pensa em como surpreender, mais uma vez, o público no Carnaval.

Nessa entrevista, ela conta algumas delas. Daniela também fala do encantamento com a filha adotiva Ana Isabel. Se ela e o marido, o empresário Marco Scabia, pensam em adotar mais uma criança? “Eu e Marco teremos surpresas. No baile infantil, você vai saber quais são”.

Por que escolheu a praia de Copacabana como palco do DVD?

Foi meu primeiro DVD fora da capital baiana. Rio e Salvador são da mesma família, são irmãs, no samba, na africanidade... O Rio uma cidade que entende o candomblé, que eu carrego comigo. É o centro de comunicação do Brasil, uma grande capital do mundo, enorme, com pessoas de todo lugar, sincrética em sua gente... Era o lugar para a mensagem que eu quero passar, de quebra de fronteiras, de união, de sicretismo, da mestiçagem de que falo tanto. O DVD é a celebração da brasilidade, do nosso DNA, que não  precisa ser mais refém do olhar estrangeiro.


Você gostou do resultado?

Era uma responsabilidade enorme gravar um DVD no meio daquela festa enorme. E resolvi que não iria parar o show para repetir nada. Mesmo se errasse. Primeiro, ouvi o áudio. Adorei. Vi que tinha ficado muito emocionante. Isso é o que, no fundo, importa.


Por que decidiu aceitar o convite da Portela?

Quando entendi que iam fazer um carro em minha homenagem, fiquei louca. Não poderia deixar de estar lá. Fui a um ensaio da escola e fiquei muito feliz, lisonjeada. O lugar parecia a Baixa do Sapateiro, o Curuzu, com um trio pequeno, crianças sambando no meio da rua. Em Madureira, eu me senti como em qualquer bairro de Salvador... Fui para o chão, para perto da bateria e era como se estivesse na saída do Ilê. É uma comunidade parecida com a nossa. Fiquei encantada com aquilo. E o samba-enredo é lindo...


O que você está preparando para o Carnaval de Salvador?

Todos os dias vão ser de ópera. Um deles, o sábado, em homenagem a Jorge Amado. Outro, terça-feira, será uma ópera inspirada no Rio. Nesse dia, vamos receber  a Portela no trio. Os outros, ainda não sei...


Sua música de trabalho no Carnaval será um samba?

Sim. Vai ser um samba exaltação. O refrão diz assim: “O samba é meu chão/ Meu Hino Nacional/ Minha forma de oração, o meu Carnaval/Quero ver o mundo sambar/Ver o samba no pé do Japão/Ver o samba no pé do francês/Ver o samba no pé do alemão”.


E quando começa a turnê de Canibália?

Vou fazer o Reveillon de Aracaju com o show de Canibália. Em março, começamos a turnê pelo Brasil. Em maio, junho, vamos para Europa e Estados Unidos. Meu sonho é levar esse espetáculo, com todos os seus convidados e mais alguns, para o mundo inteiro. Para que vejam o Brasil de uma forma diferente, mostrando que já fazemos um trabalho muito refinado, bem acabado.


Como está sendo a experiência de ser mãe de novo, com a adoção de Ana Isabel?

Ela é o meu Carnaval, minha alegria, me rejuvenesce. Estou adorando essa injeção de ânimo. Parece que a vida começou de novo... Está uma delícia.

 


16/12/2011
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 42 autres membres